SOM E VERSO SEVERINO

Quando a gente se junta, transforma
o mal que transtorna
o nosso viver
no mais belo amor que se trama
com o fio do drama
de um bem que se quer

Não se teme encarar a peleja,
nem dar de bandeja
o que querem tomar
É uma flor que se crava no peito,
e que não tem mais jeito
de arrancar

Sergio Ricardo

É artista? Venha pro GRITA

Anúncios

2 respostas em “SOM E VERSO SEVERINO

  1. Já, meu caro Nelio.
    Obrigado por curti-lo. É a segunda parte de um samba novo que fala de Severina que morre por bala perdida ao parir Severino, adotado pelo morro. Ao crescer se torna sambista e compõe estes versos, em gratidão pelo amparo dos favelados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s