ÊSTE É O CARA

ESTE É O CARA

Dentre as inúmeras deformações do comportamento da sociedade global, a cultura também sofre do mesmo mal exposto por Einstein . Através deste blog ja se poderia ter chegado aos caminhos da transformação de nossos males, caso tivesse, por parte de nossa categoria, uma verdadeira intenção de MUDANÇA. Tomara que tenha sido erro nosso na condução de uma ação, e que um novo plano nos congregue de forma mais eloqüente. Nosso espaço está aberto para cooperar com um novo método. Abraço a todos. Sergio Ricardo

 

 

 

 

 

Anúncios

4 respostas em “ÊSTE É O CARA

  1. Sérgio querido, infelizmente já estou acostumada com esse tipo de (não) reação de nossa classe. Não é a primeira vez que tentamos nos mobilizar em torno de uma reivindicação justa, e nada acontece. Mas, como você, continuo lutando. Conte comigo sempre. Desde 1974, quando ajudei a criar a Sombras, junto com Sidney Muller, Mauricio Tapajós, Aldir Blanc, e poucos outros, luto por uma justa remuneração e por uma divulgação da nossa boa música, mas somos muito poucos para enfrentar essa enorme máquina chamada “indústria cultural”, e, pelo visto, vai ser difícil aumentar esse número. Poucos são os corajosos e muitos os covardes e mercenários. Ainda bem que nós não desistimos nunca. Beijos.

  2. Eu tenho esse mesmo sentimento Sergio…mas ao mesmo tempo eu teimo em acreditar que tudo o que foi dito e até onde se chegou, que isso tenha um outro reflexo na cabeça e nas futuras atitudes das pessoas…Eu me irrito muito quando ouço frases do tipo:”Uma andorinha só não faz verão”….mas quero continuar acreditando numa coragem coletiva sabe? Estou contigo…e estarei sempre junto nessa luta . Conte comigo. Beijos

  3. Sergio querido

    Sabemos que são poucos lutando por muitos, mas isso é histórico.
    Vamos tocando em frente sem desanimar. Pelos nossos filhos.

    A propósito, estou me candidatando ao Setorial de Música do MinC.
    É um cargo sem remuneração, pra variar rs, e gostaria de saber se
    vc me apoiaria.

    beijos
    Ana Terra

  4. Como amigo está dado meu apoio. Mas no GRITA, sou apenas uma parcela de todos nós e minha voz está diluída na voz geral, nas possíveis críticas ou elogios à sua gestão, como coerência de nossa luta, inclusive como tem sido a sua voz em vários momentos. Torço para que sua empreitada seja “GRITANTE” e tenha o mesmo valor de suas canções. Boa sorte e um beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s