“VOCÊS” E A GENTE

Sergio Ricardo

“Olho aberto, ouvido atento, e a cabeça no lugar”, com a consciência pesada por não termos devolvido ainda, como povo,  o insulto de que NÃO SABEMOS VOTAR, e que por isso o país não vinga, tomo suas dores para, com minha vivência cotidiana com este povo, dizer o seguinte:

Não somos palhaços. Esta comédia pertence à palhaçada de “vocês”, que regidos pelo sistema caduco, jogam a carapuça de suas canastrices sobre nossas cabeças, livrando sua cara dos resultados negativos e destruidores da evocação de nossos anseios, pela forma com que  atuam.

NÃO SOMOS NÓS QUE ESCOLHEMOS OS CANDIDATOS. Eles nos são impostos por “vocês”, escondidos nos subterrâneos dos partidos, sem competência ou intenção de oferecer com lisura e transparência o que realmente importa para o destino de nossa gente. Com raríssimas exceções. Não são “vocês” que tem que nos oferecer os candidatos. NÓS É QUE TEMOS DE PROPOR aqueles que realmente nos representem. Não estamos sendo respeitados nem representados pelos que “vocês” escolhem e nos impingem. A prática está aí,  que “vocês” querem camuflar, sem o menor pudor, dando-nos a idéia de sermos burros, analfabetos, indigentes, incapazes de nos fazermos representar por aqueles que escolheríamos. Sigam as estatísticas da preferência popular, embaralhada por suas estratégias, ou entreguem o bastão, que a gente vota de maneira muito mais sábia nos nossos verdadeiros representantes. Façamos um plebiscito, se duvidam, e verão que saberemos conduzir os pleitos com muito mais clareza,  e comparemos os resultados decorrentes com a conseqüência histórica de seus desacertos, insistindo nesse continuismo retrógrado.  Se não debandarem do comando de nossas vidas, por vergonhosas e absurdas conseqüências, continuarão denegrindo a imagem de nosso povo e seu destino. Assumam que “vocês” não sabem governar, e parem de jogar a culpa sobre o povo.

Essa roubalheira, esse oportunismo, essa exposição descarada e escancarada não nos pertence. Não é da índole de nosso povo. Isto é uma balela que lhes pertence. São predicados que emanam de sua confraria corrupta que, a todo custo, quer impor a continuidade de nossa submissão. Os nossos ladrões estão presos. Os seus estão soltos. Não faz sentido sermos governados por vocês. Somos duas castas diferentes que não se misturam. Não sou o dono da casa, mas se fosse os convidaria a se retirar, por gentileza. Estamos precisando reformar a casa e a visita de vocês já de há muito está incomodando e atrapalhando o tráfego. Esta casa é dos índios, dos negros, dos mulatos, dos caboclos, dos operários, dos estudantes, dos favelados, dos professores, dos mestiços, dos artistas, das donas de casa, do trabalhador, enfim,  não se está precisando de sua ajuda. Ninguém aqui está afim de derrubar mata, incendiar favela, alimentar o analfabetismo nem desamparar hospitais, nem escravizar ninguém, nem vender o país pra estrangeiro nenhum.”Vocês” poderiam procurar a sua turma e nos deixar em paz, dado o adiantado da hora, a ver se conseguimos construir uma verdadeira nação.

Não será por isso, em determinados países que vingam como nação, que quem escolhe verdadeiramente seus candidatos seja o povo? Quem são “vocês”? Não somos tão chucros. Todos sabemos quem são “vocês”. Somos duas centenas de milhões de seres que sabemos muito bem quem são “vocês”.

“De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem- se os poderes
nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
A rir-se da honra,
a ter vergonha de ser honesto” (Rui Barbosa)

Anúncios

Uma resposta em ““VOCÊS” E A GENTE

  1. Mestre Sérgio, a PODRIDÃO política é grande…Mensalão do PT, que já vinha com a turma do PSDB, que já vinha desde a ditadura…Viu o filme XINGU? Pois é, já vem desde os velhos tempos de outrora…E a turma do Carlinhos Cachoeira, do Demóstenes, a VEJA ( a revista mais “VENDIDA” do Brasil), rede globo, tá todo mundo envolvido é uma imundicie só, e a mídia já esqueceu dessa galera, aliás desses ratos…só se salva nós, o povo, nois trabalhadores, nossos médicos, pesquisadores, cientistas, professores, e outros (as)… e artistas com nossa bandeira da arte e da cultura popular brasileira, nossos bens imateriais, nossos mestres morrendo a mingua, nossos índios sendo ainda massacrados, discriminados, que o diga BELO MONTE, nosso meio-ambiente, aliás nosso ambiente inteiro…resta-nos poucos candidatos para que possamos votar com consciência, ética, cidadania e na cumplicidade dos seus e dos nossos atos, para um BRASIL E MUNDO MELHOR…!!! abraços fraternais!!! Nélio Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s