LISTA DOS QUE ANSEIAM PELA MUDANÇA NOS DIREITOS AUTORAIS

A CPI do Direito Autoral deixou em seu texto final um poderoso e detalhado esclarecimento sobre as irregularidade do ECAD e uma contundente proposta de transformação de nosso destino, deflagrando uma ação, a exigir da classe e do governo uma atenção redobrada para, finalmente, dignificarmos nossa luta. Agora, mais do que nunca, ambos os lados tem que estar atentos e unificados para que se estirpe de vez as mazelas provocadas durante décadas de nossa falta de participação. Não desperdicemos esta oportunidade.

LEIAM COM CALMA O LINK ABAIXO PARA SE INSTRUIREM  SOBRE DETALHES SURPREENDENTES DE TODO O PROCESSO DA CPI E MANTENHAMOS UMA LISTA DE NOMES VERDADEIRAMENTE REPRESENTATIVA DA CATEGORIA PARA QUE O GRITA POSSA REPETIR A CADA PASSO QUE FORMOS AVANÇANDO.

EIS A CONCORDANCIA DAQUELES QUE SE EMPENHARAM, DE CORPO PRESENTE E NA RETAGUARDA DA ÚLTIMA MOBILIZAÇÃO EM BRASILIA:

FELIPE RADICETTI- Você,  colega músico ou não, você cidadão brasileiro!
Participe do movimento, assinando conosco! Apoio à CPI que apurou as irregularidades do ECAD! Mudanças já!

CARLOS MILLS – A reforma da gestão coletiva de direitos autorais no Brasil é urgente.

CLÁUDIA SAVAGET – Pela urgência da reforma! Pela imediata punição daqueles que há anos se apoderam indevidamente dos direitos dos verdadeiros músicos.

O LINK DO TEXTO DA CPI DO ECCAD: http://www.senado.gov.br/atividade/materia/getPDF.asp?t=107237&tp=1

 

 

 

Anúncios

3 respostas em “LISTA DOS QUE ANSEIAM PELA MUDANÇA NOS DIREITOS AUTORAIS

  1. Faço questão de estar nessa lista. Pela urgência da reforma! Pela imediata punição daqueles que há anos se apoderam indevidamente dos direitos dos verdadeiros músicos.

    CLÁUDIA SAVAGET

  2. Olá,
    O meu nome é Mário Henrique de Oliveira, estou Presidente do Simpratec-Sp, como também da Associação ATIDA, a mesma que foi excluida do ECAD em 2006, e eu não era presidente, mas sim, a senhora, Angela Virginia de Rezende Lopes..a mesma que também foi presidente da associação SABEM que foi excluida do ECAD…
    Senhores, eu venho participando ativamente de quase todos os movimentos de luta para mudanças, tanto no sistema de gestão coletiva, como também na Ordem dos Músicos do Brasil, e conto nos dedos de uma mão, aqueles que estiveram presente nessa luta nos últimos quarenta anos, agora dizer que esse relatório final é o suprassumo da nova LEI, seria estar brincando de empinar pipa em tempestade;
    Eu só lamento por alguns colegas fazerem de conta que não existimos, quando na verdade foi justamente com a troca de informações, que conseguimos chegar onde chegamos, e mais, se hoje existe no MTE uma Nota Contratual de Trabalho Eletrônica sendo discutida, foi porque nós com alguns outros colegas que também se empenham em lutar por uma melhor condição de trabalho para o Músico, e o Compositor..se entregaram, e se entregam de corpo e alma….
    .
    Agora aos detalhes do Relatório….

    1º – Esse relatório final está cheio de erros, inclusive o nome de alguns indiciados;
    2º – O meu depoimento está completamente destorcido, e dando a entender que eu era o presidente da ATIDA na época da exclusão, e fui tratado pelos senadores… como se eu fosse um participante do sistema corrupto que lá está instalado no (ECAD)…E sem dizer na agencia senado, que além de distorcer o meu depoimento ainda deu a entender que eu estaria mentindo, e não tinha provas em relação a mudança do ECAD de Brasília para o Rio de Janeiro…. Bem é que eles pegaram todos os documentos que eu entreguei na CPI, e sequer se deram ao trabalho de olhar, pois tivessem olhado e prestado atenção na documentação, com certeza, esse relatório não teria tantos erros….
    3º – Foram entregues vários documentos para a comissão em relação a ATIDA, inclusive um inquérito no 3º distrito policial da capital paulista, para apurar responsabilidades da antiga diretoria da ATIDA, que se quer foi pedido uma cópia no distrito policial para se averiguar o andamento do mesmo;
    4º – Todas as vezes que se tentou falar, ou fazer alguma coisa partindo de São Paulo foi escondido, dando a entender que não era importante, o que provavelmente, não fosse importante;
    5º – E para finalizar estamos na quarta CPI, e o mais importante, participando de todas e sem cair de para quedas;
    6º – Vamos nos concentrar no for melhor para todos, sem distinção de estado ou região, sem dizer que uns são mais importantes do que os outros, pois na hora de carregar a bandeira e bater de frente com sistema, tem se ter coragem…

    O respeito é a melhor maneira de se fazer política, mesmo aqueles que se acham superior aos acontecimentos e ao tempo, nunca se esqueçam….quem luta está sempre presente, mesmo que tentem esconde-lo de alguma forma…..

    Mário Henrique de Oliveira
    Presidente – Simpratec-SP

  3. A Very Cool Music apoia, endossa e se coloca ao dispor para toda e qualquer iniciativa que abra a caixa preta das distribuições do ECAD. Controle externo é exercício de cidadania e quem nao deve nao teme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s