Caro colega Roberto Carlos

Como você deve saber este é um país de verdadeiros Reis de nossa música. A começar por Villa Lobos, Antonio Carlos Jobim, Chico Buarque, Caymmi, Luis Gonzaga e tantos outros, que por questões pessoais não adotaram a alcunha, embora tivessem atravessado as portas do mundo com seu verdadeiro talento e obras consagradas, a revelar a verdadeira cara de seu pais.   Mais do que isto, como os citados, sempre atentos e participantes das reivindicações da classe, e arautos de seus postulados, honrando este vetor de nossa cultura.

Você está tentando bloquear, em nome do Ecad as determinações de nossa presidente. Veja bem em nome de quem você vai falar e contra quem. Estão lhe botando numa fria, majestade. Com esta atitude, você vai interferir no destino de muitos colegas, que não desfrutam da chance que você teve de conquistar o grande público, pelo viciado engodo da mídia sustentada pelo sistema vigente, interessada apenas no lucro.  Seu talento é grande e ficará na história comercial de sucessos , tendo alcançado vendas e aceitação popular de nível surpreendentes, o que deve estar lhe rendendo uma fatia considerável do direito autoral, com grande parcela de seu merecimento, considerando estar atrelado ao sistema comercial da música popular, e ser o rei da arrecadação, atributos que, por questões éticas, não me compete julgar.  Talvez esteja sendo induzido a crer que a luta dos compositores e músicos deste pais possa estar ameaçando o volume da sua arrecadação, o que lhe move a tomar a atitude que está tomando. Começa por aí seu engano, pois restaurada a justiça sobre o sistema de arrecadação, você talvez engorde o seu quinhão, se este for o problema. Outro não seria, porque sua decisão demonstra ignorar o sentido dessa luta de uma classe que pode vir a ser prejudicada com a sua interferência. Sua posição, sem nenhum respaldo outorgado pela categoria, se prejudicada por isso, haverá de amarga-lo com a pecha de traidor, que não acredito ser o seu desejo, nem o de seus asseclas  que tem a arrecadação nivelada à sua, comprometidos ou não com a luta de seus colegas. Em silêncio, alguns aguardam o resultado sem tomar partido, para não se comprometerem com a classe ou com o sistema, cujo comportamento poderia ser o seu, como tem sido até agora, preferindo não se imiscuir na complexidade que desconhece. Este é um assunto político e luta de classe, sobre o qual o seu reinado não tem respaldo para interferir. Usar o título de Rei que lhe foi dado  não o autoriza a falar em nome de todos, pois de seu palácio nunca se viu sair nenhum decreto ou manifesto reivindicatório  de absolutamente nada em relação à luta que está sendo arduamente travada a anos, cujas conseqüências podem compromete-lo eticamente. O melhor conselho, para que continue o Rei, e para o seu próprio bem, é que não se meta nisso, e siga a linhagem de nossa “oligarquia” musical, cuja postura sempre assumida a favor da classe, através  de nossa história, sob pena de capitular, transformando-se em bobo da corte.

Um abraço de seu fã de carteirinha
Sergio Ricardo.

Anúncios

22 respostas em “Caro colega Roberto Carlos

  1. grande sergio ricardo , falou tudo e mais um pouco !!! rei fique no seu castelo e não se meta aonde vc não sabe o quanto esse buraco e profundo …

  2. Roberto Carlos adiquiriu status e títulos de nobreza tão especiais – o que fizeram dele um semideus – que passou a gozar do “privilégio” de ter pessoas que pensam e agem por ele. Lamentável!

  3. Querido amigo Sergio Ricardo

    O que você aponta é o xis da questão: o mercado do jabá. Nós, eu, você e tantos outros que já tivemos espaço na mídia, já não temos mais. Já vivi do meu ofício que é pago pelo Direito Autoral e hoje não mais. O ECAD apenas reflete o mercado. Não adianta ter 200 músicas gravadas como eu, se elas tocam pouco nos meios de comunicação de massa. As pessoas confundem muito autoria, ter composto muitas obras, com Direito Autoral de execução pública.

    Amigo, não existe unanimidade em relação a PLS 129/12. Eu sou absolutamente contrária, como tantos outros. A lei em vigor nos contempla. A nova lei proposta parece até que foi redigida pelos representantes do poder econômico que domina a internet. E apoiada pelos testas de ferro brasileiros que devem levar uma boa grana para defende-la. Não é nosso caso. Nem de um lado nem de outro. Estamos lutando por ideias diferentes mas tenho certeza que é de boa fé. Só acho sua defesa equivocada mas estamos numa democracia e podemos externar o contraditório.

    Outra coisa: sou sua amiga e admiradora.
    Não sou amiga do rei.

    Carinho e beijos
    Ana Terra

    • Oi querida Ana terra

      Obrigado pela franqueza. Embora você acredite que hajam divergências entre nossas posições, gostaria de esclarecer que a muito tempo, desde que fui proibido de ser executado nos meios de comunicação por ordem da ditadura, que não me sinto injustiçado pela mídia que cumpriu ordens e me alijou do sistema, e que em função disso tenha sido esquecido, e mergulhado no esquecimento. Assumi meu papel e continuo fiel a ele, tendo por opção não capitular nem compactuar com com as aberrações do sistema no tocante à mídia existente e nem reclamar pelos meus direitos pessoais. O que me move é o espírito de luta da classe, cheia de talentos jogados às baratas, dentre eles nossos filhos que resolveram seguir nossa trilha e a de tantos gênios espalhados pelo país que não encontram vitrine para expor seus trabalhos nem uma arrecadadora de direitos autorais que recolha seus direitos, seja muito ou pouco, referente às suas obras que nem sequer constam das planilhas do ECAD, usando como ardil distribuir um cala-boca para os de sucesso e desviar o resto do dinheiro como está largamente constatado e alardeado. A ficar do jeito que está ou partir para outra solução que venha a se aperfeiçoar com nossa viva e imparcial colaboração, ao em vez de se dividir em facções, prefiro ficar com o segundo. Não consigo acreditar que você pertença ao primeiro grupo, ou que não tenha entendido ainda, que não há espaço para “democráticas'” facções no momento atual, pois este é o objetivo deles: fracionar a classe. Acredito que se continuar havendo rachas entre nós, jamais atingiremos nossos objetivos. Primeiro temos que vencer nosso inimigo, depois ver como administrar o conquistado. Sejamos unidos nessa, querida, sem divergências, porque nosso inimigo é um só. Te amo Ana.

      Beijão

    • Cara Ana Terra, vc poderia ser mais específica quando diz “A nova lei proposta parece até que foi redigida pelos representantes do poder econômico que domina a internet. E apoiada pelos testas de ferro brasileiros que devem levar uma boa grana para defende-la.” Se você nos desse tim-tim por tim-tim o mapa dessa trama contra o direito do autor, nos traria para a luz. Grande abraço

  4. Sérgio Ricardo, que bom que você existe com toda sua sinceridade e seriedade.
    É preciso lutar sempre, sem esmorecer, contra todo oportunismo ou burrice que nos cercam.
    Certíssimo, Sérgio, parabéns pela iniciativa.

  5. AMO O REI, MAS NÃO ENTENDO MUITO BEM OS PROBLEMAS DA ECAD, SEI QUE A DISTRIBUIÇÃO NUNCA É FEITA COM O VALOR DEVIDO AO ARTISTA, A LUTA É PARA QUE ISSO ACABE, E ENTENDI QUE O ROBERTO NÃO APÓIA, TALVEZ POR MEDO DE RECEBER MENOS. PELO AMOR DE DEUS, SERÁ QUE A AMBIÇÃO DO SER HUMANO É ILIMITADA. O REI COMO POUCOS PRIVILEGIADOS DESSE BRASIL, SÃO TRILHARDÁRIOS, NINGUÉM LEVA NADA NO CAIXÃO. A VIDA É BOA E CURTA.PODE SER QUE O QUE FOI RELATADO SEJA ASSIM MESMO, O ROBERTO NEM SE DÁ CONTA DO QUE FAZ O ECAD, POIS SEUS ADVOGADOS E ASSESSORES CUIDAM DE TUDO, E, NEM DEVE CHEGAR NELE, SENDO ASSIM, ELE VAI LEVAR A PECHA SEM TER FEITO NADA, O QUE É BOM, POIS UM ARTISTA COM SEU NOME, COM UMA CARREIRA DE CINCOENTA ANOS, NO MÍNIMO, DEVERIA PARTICIPAR E SABER DA LUTA DOS ARTISTAS , QUE LUTAM POR SEUS DIREITOS HÁ ANOS. TODOS SOMOS TRABALHADORES, CADA QUAL EM SE RAMO, O ARTISTA NÃO DEIXA DE SER, E O É LOGICAMENTE, UM TRABALHADOR DA CULTURA. E COMO MILHARES DELES LEVAM SUS LUTAS E GREVES, EM PROL DE MELHORES CONDIÇÕES DE VIDA.. AMO ROBERTO, MAS……QUE DECEPÇÃO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s